Porto Alegre, 28 de maio de 2017
Vida Longa para o Túnel
Escrito por Cássio Trogildo   

Desgastado pelo tempo, com sérios problemas estruturais após 37 anos sem receber obras significativas, o Túnel da Conceição vinha sendo motivo de críticas e preocupação geral. Acesso vital ao Centro de Porto Alegre, coração urbano cujas artérias precisam garantir o pulsar diário da cidade, o Túnel também é caminho para quem chega da região Norte, Litoral ou Metade Sul, e alternativa para quem sai da cidade em direção às BRs 116 e 290. Por sua importância estratégica enfim, em termos de mobilidade e trafegabilidade, outra não poderia ser a decisão da prefeitura que a de tratar sua reestruturação como obra prioritária.


Um projeto arrojado. Dispendioso. Arriscado porque sujeito a incontáveis imprevistos, regra número um de qualquer grande reforma. Com investimentos de R$ 3,3 milhões, as previsões exigiam 18 meses de cuidados intensivos e excelentes profissionais para executar a grande e inadiável intervenção. Mas, as obras mexeriam profundamente com o cotidiano das pessoas! Tínhamos consciência disso; e um respeito enorme. “Agilizar com máxima segurança e minimizar impactos”, eram palavras de ordem. E tão grandes foram os cuidados da prefeitura neste sentido, que preparar Porto Alegre para acolher a obra constituiu-se numa operação tão crucial quanto a obra em si. As pessoas seriam informadas áudio-visualmente e de antemão: vias meia pista, rotas alteradas, tudo bem sinalizado pelo bem comum. E só depois iniciamos o trabalho. Confiantes no projeto e nas capacidades mobilizadas. Mas o bem maior que conquistamos - além de infiltrações e fissuras tratadas; novos sistemas hidráulico e de drenagem; novo reforço estrutural, pavimento e pintura - foi a compreensão e o apoio que recebemos. Na opinião das pessoas, na paciência do tráfego, na cobertura da mídia, na dedicação dos agentes de trânsito, na tolerância dos usuários dos veículos, dos comerciantes locais, enfim, a restauração do Túnel foi um modelo de intervenção e de apoio cidadão. Trabalho sério e cidadania garantiram o sucesso da histórica cirurgia no coração da cidade.


Honradamente, a prefeitura municipal, através dos esforços das Secretarias de Comunicação, de Obras e Viação (Smov) e da Empresa de Transportes (EPTC), conclui os trabalhos bem antes do prazo inicial de 18 meses e devolve à cidade o Túnel da Conceição totalmente renovado que, com as devidas manutenções permanentes, terá mais 30 anos de vida útil pela frente. A partir de agora, volta a ser motivo de orgulho para todos nós, reassumindo plenamente sua arquitetura e seu destino de cartão postal de Porto Alegre.