Porto Alegre, 28 de maio de 2017
Cassio Trogildo é reeleito para a presidência da Câmara
Escrito por Milton Gerson/CMPA   

 

Ederson Nunes/CMPA

Com quórum completo, a Câmara Municipal de Porto Alegre empossou, na tarde deste domingo (1/1), os 36 vereadores eleitos para a XVII Legislatura e o novo prefeito da capital gaúcha, Nelson Marchezan Júnior (PSDB). Na sessão, iniciada às 15h30min pelo presidente da Câmara, vereador Cassio Trogildo (PTB), em um Plenário Otávio Rocha lotado, foi anunciada também a composição da futura Mesa Diretora do Parlamento da Capital, com a reeleição de Trogildo para a presidência, por 28 votos favoráveis, sete contrários e a abstenção de Cassiá Carpes (PP), em uma disputa com a candidatura do vereador Professor Alex Fraga (PSOL), lançado pelo bloco formalizado pelo PT e PSOL.

 

A eleição da Mesa aconteceu logo após a entrega dos diplomas e das declarações de bens e do juramento realizado pelos vereadores eleitos. Nesse momento, Trogildo anunciou a abertura de prazo para a inscrição de chapas para a Mesa Diretora e fez a leitura de uma decisão judicial que concedeu o direito à proporcionalidade nos cargos da Mesa Diretora e comissões permanentes ao bloco formalizado por PT e PSOL, interrompendo por cinco minutos a sessão para os ajustes necessários à composição do futuro comando do Legislativo.

 

Trogildo reeleito

 

Ao reabrir a sessão, Trogildo passou a presidência dos trabalhos ao vereador Mauro Pinheiro (Rede), que anunciou a inscrição das candidaturas de Trogildo e Professor Alex Fraga (PSOL) para a presidência do Legislativo em 2017. Após reeleito, Trogildo reassumiu o comando da sessão para a eleição dos demais cargos da Mesa Diretora e a posse do prefeito Nelson Marchezan Júnior e do vice-prefeito Gustavo Paim, que aguardaram por mais de 40 minutos o desenrolar da disputa entre os blocos para a direção do Legislativo.

 

Com a disputa, tendo o nome do vereador Alex Fraga sido apresentado para todas as posições pelo bloco PT/PSOL, a votação para a Mesa Diretora 2017 seguiu individualmente cargo a cargo, sendo eleitos como 1º e 2º vices-presidentes, respectivamente, os vereadores Valter Nagelstein (PMDB) e Cláudio Janta (SD). Para a 1ª e a 2ª secretarias, foram eleitos, respectivamente, os vereadores Mauro Pinheiro (Rede) e João Carlos Nedel (PP). Para estes quatro cargos, os eleitos receberam 29 votos, enquanto Prof. Alex Fraga recebeu sete votos.

 

Em razão da decisão liminar, concedida ao bloco PT/PSOL, exigindo proporcionalidade na composição da Mesa Diretora e comissões permanentes, a candidatura do vereador Dr. Thiago Duarte (DEM) ao cargo de 3º secretário foi indeferida pelo presidente Cassio Trogildo. Ficou mantida apenas a candidatura do vereador Alex Fraga (PSOL), apresentada pelo bloco PT/PSOL, que recebeu oito votos favoráveis, uma abstenção e 27 votos contrários, não obtendo a maioria necessária para a ocupação do cargo, que foi considerado vago por Trogildo. Sob protestos dos vereadores do PT e PSOL, o presidente Trogildo informou que, nestes casos, o Regimento Interno prevê a definição para a primeira sessão ordinária da Legislatura, a ocorrer em fevereiro.

 

Mesa Diretora

 

Presidente – Cassio Trogildo (PTB)

 

1º vice-presidente – Valter Nagelstein (PMDB)

 

2º vice-presidente – Clàudio Janta (SD)

 

1º secretário – Mauro Pinheiro (Rede)

 

2º secretário – João Carlos Nedel (PP)

 

3º secretário – Vago

 

Os 36 vereadores empossados

 

Adeli Sell (PT)

 

Airto Ferronato (PSB)

 

Aldacir Oliboni (PT)

 

Alvoni Medina (PRB)

 

André Carus (PMDB)

 

Cassiá Carpes (PP)

 

Cassio Trogildo (PTB)

 

Cláudio Janta (SD)

 

Comandante Nádia (PMDB)

 

Dr. Goulart (PTB)

 

Dr. Thiago (DEM)

 

Luciano Marcantonio (PTB) *

 

Felipe Camozzato (Novo)

 

Fernanda Melchionna (PSOL)

 

Idenir Cecchim (PMDB)

 

João Bosco Vaz (PDT)

 

João Carlos Nedel (PP)

 

José Freitas (PRB)

 

Marcelo Sgarbossa (PT)

 

Márcio Bins Ely (PDT)

 

Mauro Pinheiro (Rede)

 

Mauro Zacher (PDT)

 

Mendes Ribeiro (PMDB)

 

Mônica Leal (PP)

 

Paulinho Motorista (PSB)

 

Paulo Brum (PTB)

 

Prof. Alex Fraga (PSOL)

 

Professor Wambert Di Lorenzo (PROS)

 

Ramiro Rosário (PSDB)

 

Reginaldo Pujol (DEM)

 

Moisés Maluco do Bem (PSDB) *

 

Roberto Robaina (PSOL)

 

Rodrigo Maroni (PR)

 

Sofia Cavedon (PT)

 

Tarciso Flecha Negra (PSD)

 

Valter Nagelstein (PMDB)

 

* Suplentes que assumiram nas vagas de Elizandro Sabino (PTB) e Ricardo Gomes (PP), licenciados para ocupar cargos no secretariado do Executivo