Porto Alegre, 28 de maio de 2017
Vereador lembra a passagem do Dia Internacional da Síndrome de Down
Escrito por Lisie Venegas/CMPA   
Ederson Nunes/CMPA

O vereador Paulo Brum (PTB) lembrou na sessão de hoje (23/3) a passagem do Dia Internacional da Síndrome de Down, celebrado no dia 21 de março. “A ideia de se criar um dia de conscientização da doença surgiu em Genebra, na Suíça, e foi referendada pela Organização das Nações Unidas com o objetivo de dar visibilidade ao tema e reduzir a origem do preconceito, combatendo o mito que teima em transformar uma diferença em um rótulo”, declarou.

 

O parlamentar também enfatizou que a sociedade tem cada vez menos paciência para aquilo que é diferente. “Essa data visa chamar a atenção sobre a capacidade das pessoas com a síndrome. Cada pessoa tem gostos específicos, personalidade própria, e o que devemos promover é o respeito à individualidade”, finalizou.

 

A Síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21 em todas ou na maior parte das células de um indivíduo. Isso ocorre na hora da concepção de uma criança. As pessoas com Síndrome de Down, ou trissomia do cromossomo 21, têm 47 cromossomos em suas células, em vez de 46, como a maior parte da população.