Porto Alegre, 24 de maio de 2017
Luciano Marcantônio
Escrito por PTB Metropolitano   

Natural de Vacaria, nasceu em 16 de abril de 1973. Desenvolve um trabalho dedicado à inclusão social e garantia dos direitos humanos de todos os cidadãos. Durante sua vida escolar, no Colégio Rosário, militou no movimento estudantil. Iniciou sua militância em 1989 na Juventude Brizolista, vinculada ao movimento nacional Leonel Brizola, presidido por João Carlos Guaragna, com forte atuação na campanha presidencial. Foi presidente do Centro Acadêmico Maurício Cardoso, da Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), e, posteriormente, presidiu o Diretório Central da PUCRS. Em 1998, foi eleito presidente da União Estadual de Estudantes. No ano 1999, começou a militância no movimento comunitário no Bairro Farrapos, em Porto Alegre, desenvolvendo atividades nas principais comunidades de baixa renda da Capital. Durante o Governo Germano Rigotto, em 2005, ocupou o cargo de diretor de recursos humanos da Fundação de Proteção Especial - FPE (ex-Febem), que abriga crianças e adolescentes em vulnerabilidade social. Em 2006 foi diretor administrativo e financeiro da Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia, e, no mesmo ano, foi nomeado por Rigotto como membro fundador do Conselho Estadual dos Direitos das Pessoas com Deficiência. Em 2009, após ter ficado na suplência assumiu como vereador na Câmara Municipal de Porto Alegre, e, em 2010, como Secretário Adjunto de Coordenação Política e Governança Local, na gestão de José Fortunati. Foi eleito vereador na eleição de 2012 com 7.725 votos, mas assumiu como secretário Municipal de Direitos Humanos de Porto Alegre. Como titular da pasta, teve a responsabilidade de desenvolver as políticas públicas relacionadas à população negra, mulher, indígena, egresso prisional, refugiado, imigrante, LGBTs e idoso, e situações relacionadas à defesa da dignidade da pessoa humana.

 
Envia uma mensagem para o Parlamentar:
Digite seu nome.

Digite seu email.